Estudo fala em anticorpos permanente

Estudo publicado na revista Nature revelou, pela primeira vez, que pessoas que contraíram a doença de forma ligeira ou moderada desenvolvem uma célula imunológica capaz de produzir anticorpos contra o SARS-CoV-2 para o resto da vida. Uma das observações em pessoas infectadas pelo SARS-CoV-2 mostra que o nível de anticorpos - proteínas capazes de impedir o vírus de infectar as células - começa a diminuir após quatro meses. O estudo ainda deverá ser melhor detalhado.